Top 5 Livros Românticos

Quando era mais nova era uma verdadeira devoradora de livros. Gostava de ver as imagens, de os folhear, do cheiro a livro novo. Antes de completar nove anos, os meus preferidos eram os de banda desenhada. Das sagas do Astérix e Obélix, Calvin & Hobbes, As Aventuras de Tintin, Duck Tales… Não havia coleção que eu não adorasse.

Quando atingi os nove anos, fui obrigada a dar uma oportunidade à prosa se queria poder continuar a ler banda desenhada. Li um livro, dois e quando dei por ela estava rendida. Passei as histórias aos quadradinhos para trás das costas e descobri todo um novo mundo, naqueles textos corridos sem imagens.

Li livros para a minha idade, mas não tardei a querer ler os livros mais adultos, mais complexos com mais de cento e tal páginas. Descobri o mundo do Harry Potter, os romances de Nicholas Sparks, os clássicos da literatura que ia colecionando das coleções do jornal Público.

Ler foi uma paixão que foi evoluindo gradualmente até eu própria começar a juntar o dinheiro das semanadas para comprar mais e mais livros. No meu secundário era capaz de ficar a ler até às seis da manhã, se o livro fosse daqueles mesmo viciantes, e tinha de me pôr a pé quarenta e cinco minutos depois para apanhar o autocarro para a escola. Eu era mesmo uma leitora viciada. Adorava começar novos livros e sofria cada vez que mais um terminava.

Na universidade, talvez por causa do cansaço ou da carga de trabalho acrescida não consegui continuar a ler como lia. Acabei por me tornar preguiçosa, a preferir as séries a um bom livro e perdi o meu hábito de leitura. Um hábito que estou a tentar recuperar desde o início de 2020 e que, lentamente, tenho visto o meu esforço gerar frutos.

Como regressei ao mundo dos livros, algo que se nota na quantidade de vezes que me refiro a eles no blog ultimamente, decidi aproveitar esta onda de posts mais românticos, para partilhar convosco o meu Top 5 de Livros Românticos.

Isto porque o romance não se encontra presente em filmes ou em prendas, mas também nas páginas de um bom livro.

1. Orgulho e Preconceito (Jane Austen)

Não fosse eu uma fã assumida de Jane Austen, este clássico tinha de fazer parte da lista e encontrar-se em primeiro lugar. É o meu livro preferido, já o li e reli tantas vezes que apesar de pertencer a uma coleção de livros dos meus pais, nunca sai da minha estante. É um romance de época, com personagens com personalidades vincadas e muito diversas. O melhor romance até ao momento para mim.

2. PS: Eu amo-te (Cecelia Ahern)

Quase toda a gente já leu este livro ou viu o filme. Uma história de nos levar às lágrimas e de nos deixar completamente K.O., mas também é um livro que nos leva a viajar pelo romance do casal e pelas suas peripécias. É lindo, romântico e faz-nos querer acreditar no amor eterno. Na verdade, qualquer livro dela podia constar desta lista, mas para já este é o meu preferido.

3. Estarás sempre comigo (Anna McPartlin)

Já reli este livro por cinco vezes. É daqueles que não me consigo cansar e gostava de poder esquecer-me de que o li, para voltar a sentir tudo o que senti da primeira vez. É uma história comovente sobre uma rapariga cujo namorado e o processo de luto dela, dos amigos e da família e principalmente do melhor amigo do casal. Uma história de amor que nasce das cinzas do que outrora foram. Incrível, engraçado e muito, muito, muito romântico.

4. O Protetor (Madeline Hunter)

Um romance de época muito sexy, que conta a história de Anna de Leon, uma destemida herdeira de um castelo que luta contra o preconceito dos homens em relação ao que é correto uma mulher fazer ou não. Durante a peste que abalou a sua terra, deu abrigo e cuidados “hospitalares” a Morvan, um cavaleiro temido e destemido que jura protegê-la com a própria vida, se necessário, depois de ela ter cuidado dele. A determinação e teimosia de ambos torna este romance em algo espetacular. Adorei!

5. O Sol da Minha Vida (Catherine Anderson)

Este é um romance que me surpreendeu pela positiva. Na altura comprei-o para contrariar um pouco as capas pretas que preenchiam as minhas prateleiras. Era uma adepta fanática de todos os livros fantásticos existentes na Fnac e decidi mudar um bocadinho. Olhei para o título e para a sinopse e pensei, vai ser mesmo isto. Uma leitura leve, um romance muito bonito e repleto de ternura. Ás vezes as histórias não têm de ser super fora da caixa por nos confortarem a alma, este é um desses casos. Uma leitura simples, mas apaixonante. Conta a história de Laura, uma mulher cuja vida mudou graças a um acidente e de Isaiah, um veterinário viciado em trabalho que não está interessado em ter uma vida amorosa. Uma história de amor lindíssima.

E estes são os meus 5 livros românticos preferidos, pelo menos até este momento. Como a minha biblioteca tem crescido nos últimos tempos, nunca se sabe se, para o ano, outros não ocuparam o lugar neste top literário.

E vocês? Qual é o vosso livro romântico preferido?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: