Creme de Cenoura

Estamos finalmente numa das minhas estações preferidas, o Outono. A estação em que já sabe bem um casaco pela manhã e um pijama mais quente à noite. Em que o café volta a saber melhor quente e já não há apetite para gelados ou água a sair do frigorífico. Estamos naquele meio termo, em que não sabemos se havemos de carregar connosco um guarda-chuva ou uns óculos de sol e, na dúvida, levamos os dois na bolsa.

Não sou uma pessoa que tolera bem o calor arrasador do verão. Quando está frio podemos sempre vestir mais uma peça de roupa, mas não há forma de combatermos aquele calor intenso. Por isso, fiquei feliz quando finalmente o tempo começou a mudar.

Com a mudança de estação vieram os pratos típicos das estações mais frias, aqueles pratos de conforto que nos aconchegam o estômago e aquecem a alma. A receita que vos trago hoje é um desses pratos, um creme de cenoura bem saboroso e condimentado, que nos sacia e deixa bem aconchegadinhos.

Ainda me recordo de quando comer sopa era uma obrigação. De fazer birra que não queria comer a sopa e de a minha mãe solucionar sempre o problema com: «pronto, come apenas tantas colheres quanto os teus anos». E depois começava a contar «um, dois, três, três, quatro, cinco, cinco, cinco, cinco…». Comer a sopa era uma verdadeira tortura, algo que felizmente mudou um bocadinho.

Cá em casa, nos últimos tempos, temos comido sempre sopa ao jantar e, por norma, é a minha mãe quem a prepara. Mas desta vez foi a exceção e aproveitei para experimentar algo que há muito andava a pensar. Um creme de cenoura bem laranjinha e rico em sabor, não aquele típico creme de cenoura doce.

Pelo que fiz um creme de cenoura, sem consultar medidas ou outras receitas, seguindo apenas o meu instinto e o resultado foi incrível. Um creme de cenoura bem condimentado, com uma fusão de sabores fantástica.

Gostei tanto que achei que vocês também iriam gostar, por isso decidi partilhar esta receita convosco.

Para recriares esta receita em casa vais precisar de:

  • 6 cenouras médias
  • 1 cebola
  • 3 folhas de repolho
  • 500 g de couve-flor
  • 1 colher de café de gengibre em pó
  • 1 litro de caldo de galinha ou de água
  • 1 fio de azeite
  • Sal q.b.

Como fazer:

Primeiro, lava-se bem os legumes. Partem-se todos os legumes em pedaços e colocam-se numa panela alta. Cobre-se com o caldo de galinha, tempera-se com o gengibre e o sal e tapa-se a panela.

Quando já se conseguir enterrar um garfo nos pedaços de cenoura, retira-se a panela do fogão e com a varinha mágica transformamos os legumes em creme. Assim que já não houver mais vestígios de pedaços de legumes, volta-se a levar a panela com o creme ao fogão, rega-se com um fio de azeite, acerta-se o sal e deixamos cozinhar por mais 5 minutos.

Uma receita super simples, prática e rápida. Um creme de cenoura com um toque “apimentado” do gengibre que vai fazer destas refeições outonais, algo ainda mais especial e reconfortante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: