Panquecas de Limoncello

Ao longo das últimas semanas, as pessoas têm-se refugiado cada vez mais na cozinha e procurado abstrair-se dos problemas do mundo a cozinhar. Este fenómeno tem sido publicado por inúmeras pessoas nas redes sociais e a receita que mais se vê é a de panquecas.

Panquecas americanas, de aveia, de banana ou de iogurte, todo o tipo de panquecas na verdade. De tanto ver panquecas sempre que fazia scroll no meu feed do Instagram, fiquei com vontade de, também eu, me converter ao culto da panqueca.

Por esta altura do post já disse a palavra «panqueca» mais vezes do que na minha vida toda, mas prosseguindo.

Comecei pelas básicas panquecas americanas, mas elas rapidamente sofreram um twist.

O meu namorado pegou na receita e substituiu a essência de baunilha por licor de mel. Gabou tanto a sua criação que eu fiquei com a pulga atrás da orelha: «E se eu usasse limoncello, em vez de essência de baunilha?».

Apesar de o sabor ser bastante mais forte, era capaz de ficar bom, certo? Certíssimo mesmo. Ficaram simplesmente maravilhosas e talvez sejam as melhores panquecas que alguma vez fiz.

Super fofas e macias, com o toque contrastante do limoncello com o sabor suave da panqueca americana. Simplesmente divinal. Fiz e refiz a receita e, de todas as vezes, as panquecas simplesmente desaparecem do prato.

Para recriares estas deliciosas panquecas de limoncello vais precisar de:

  • 250 ml de leite magro
  • 350 g de farinha de trigo
  • 2 ovos
  • 150 ml de limoncello
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 4 colheres de chá de fermento
  • 1 colher de chá de sal

Como preparar:

  1. Numa taça coloca-se todos os ingredientes e, com a ajuda da batedeira elétrica, mistura-se tudo muito bem até que todos os ingredientes estejam envolvidos e a massa esteja homogénea.
  2. Coloca-se um tacho anti-aderente ao lume. Quando o tacho tiver bem quente, coloca-se uma concha de sopa de massa de panqueca no tacho e deixa-se cozinhar.
  3. Quando borbulhar no topo e as beiras da panqueca estiverem a descolar do tacho, está na hora de virar a panqueca com a ajuda de uma espátula plástica (para não danificar o tacho) e aguardar uns 2 minutos.
  4. Repete-se o procedimento até que acabar a massa.

Não é difícil e o resultado é só simplesmente maravilhoso. Podes acompanhar as tuas panquecas com mel e frutos secos ou comê-las simples.

Uma receita simples, fácil e deliciosa com um twist especial.

E tu, provavas?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: