Como criar uma Rotina quando se está preso em casa

Sempre fui uma rapariga que aprecia bons momentos no conforto do lar, mas a verdade é que estes só são prazerosos quando não nos são impostos. Já diziam os antigos que «o fruto proibido é o mais apetecido» e não é que é verdade?

Agora que devemos evitar sair de casa, para conseguirmos conter esta pandemia que assombra os nossos dias, é que nos lembramos como é bom passear ao ar livre e de ser livre de o fazer.

Estou a trabalhar a partir de casa desde segunda-feira e se eu não me tivesse auto imposto uma rotina, muito provavelmente já teria dado em louca.

Não gosto de rotinas, mas em tempos de crise tudo é válido para manter alguma sanidade mental. Manter horários e hábitos é importante para que não nos deixemos levar pela ansiedade e para nos mantermos saudáveis. Foi graças a esse pensamento que me tenho mantido ativa, o que me permitiu não entrar num colapso nervoso.

Criar uma rotina não tem de ser um bicho de sete cabeças, nem deve ser encarado como algo extremamente rígido que nos priva de momentos de puro relaxamento. A rotina, neste caso, deve ser encarada como uma boia salva-vidas que nos mantém à tona nestes momentos de crise.

Ficar um dia em casa sem ter um propósito é agradável.

No segundo dia até nos sabe bem, é como umas férias merecidas do árduo trabalho que fazemos durante o resto do ano.

No terceiro dia, começa a aquela irritação que nos consome subtilmente e sem dar sinal. Os hábitos mais normais dos nossos colegas de casa começam a parecer coisas horrosas.

E então chega o quarto dia, em que começamos a perceber o que realmente se passa nos reality shows em que eles estão vinte ao magote fechados na mesma casa. A bipolaridade atinge-nos como um raio e tanto o nosso colega de casa é o nosso melhor amigo, como no momento a seguir só nos apetece espancá-lo. Até os nossos animais de estimação nos começam a parecer espiões alienígenas.

É escusado continuar, certo?

Claro que isto é um exemplo muito caricaturado, mas a verdade é que quando estamos fechados, sem um único propósito para o nosso dia a dia, podemos chegar à loucura. A rotina que vos proponho criar, vem tentar combater isto e dar-vos alguma normalidade a estes dias que nada têm de normal.

Pelo que para criar esta rotina só têm de seguir três passos. Sim, três passos, nada mais, nada menos. É simples e indolor, para além de que muito benéfica para a vossa saúde mental.

1.

CRIAR HORÁRIOS

Eu mantive os meus horários de acordar, trabalhar e fazer as pausas como se estivesse no meu local de trabalho. Acordo às 7:30, tomo um banho, preparo o pequeno-almoço, vejo as notícias e começo a trabalhar às 8:30. Tal e qual, como faria num dia de trabalho normal.

O facto de ter mantido horários permite que não nos deixemos levar pela moleza, que ao fim de algum tempo se torna em aborrecimento e nos pode deixar mais irritadiços e revoltados com a situação atual.

Por isso, cria os teus horários e mantém-te fiel a eles, mesmo sem ter onde ir. Faz a tua rotina matinal e noturna, como se tivesses saído para ir trabalhar. Isso mantém-te ativo e faz-te sentir menos em casa.

2.

CRIAR HÁBITOS

Vamos ser sinceros, quem não gosta de estar todo o dia em modo pijama? Mas será que é saudável mantermos esse modo durante dias e dias a fio? A resposta é não.

Vestirmos outra roupa sem ser o pijama ajuda nestes dias. Acordar, abrir a persiana e a janela, deixar o ar percorrer o quarto, tomar o café à janela e apreciar o sol, são hábitos saudáveis quando não podemos sair de casa.

Nestes últimos dias, sinto necessidade de ver o sol e de o sentir, como se ele me recarregasse as energias. Pelo que nas minhas pausas do trabalho, procuro ir até à varanda e lanchar ao sol.

Outros hábitos que ganhei, foi o de no fim do trabalho, às 18h, desligar o computador e ir até à cozinha entreter-me com uma das minhas grandes paixões, cozinhar. Decidi que o jantar ficava por minha conta e tem sido bastante terapêutico.

À noite, dedico-me a este cantinho, escrevendo sobre as receitas novas das quais me orgulho e a escrever posts sobre assuntos que me inspiram e me ajudam a viver o meu dia a dia da melhor forma. Ou então, numa noite mais preguiçosa, dedico-me a uma sessão de Netflix & Chill com a família.

Estes novos hábitos que fazem parte da rotina, ajudam-me a esquecer que me encontro “presa” dentro de quatro paredes. Mas estes são os meus hábitos, vocês na vossa rotina podem incluir:

  • um passeio com o vosso animal de estimação;
  • uma sessão de exercício físico caseiro, aliás, muitas instagramers e youtubers têm publicado planos de treino que podem ser realizados dentro de casa;
  • uma sessão de Marie Kondo onde limpam a fundo todas as divisões da vossa casa;
  • ou podem finalmente a criar um novo projeto, como por exemplo: um livro, um blog, um canal no youtube.

As opções são infindáveis e neste caso as imediações da vossa casa são o limite. O importante é mantermos-nos ocupados / entretidos.

3.

MANTÉM OS MOMENTOS DE LAZER

As rotinas não devem ser horários severos que não podem ser contornados. A monotonia é o que leva muita gente a desistir das rotinas, pelo que não te abstenhas de momentos de lazer, mesmo que eles não combinem totalmente com a rotina que estabeleceste.

Aliás, a rotina neste caso serve para que sintas que o teu dia tem um propósito maior do que vaguear pela casa em pijama e funcionar como os bebés. Acordar, comer, esticar no sofá, comer, voltar a esticar no sofá, comer e dormir. Isto pode levar-nos a sentirmo-nos deprimidos, o que é normal neste tipo de situação em que vivemos.

Pelo que os momentos de lazer são benvindos.

Para mim criar uma rotina não foi difícil, pois continuo a trabalhar, mesmo que a partir de casa. Mas a verdade é que o facto de manter a mesma rotina com novas adições, como os momentos culinários e os em que escrevo para o blog, dão um maior sentido de propósito para o meu dia.

Não gosto de estar parada, gosto de criar e isso é o que me mantém sã.

E vocês? O que fazem para se manterem sãos? Que rotinas adotaram?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: