Chilli com Carne

Existem receitas que foram criadas especificamente para nos reconfortar o estômago e a alma, o chilli foi umas dessas receitas. Quentinha, simples e ótima para as noites mais frias, o chilli foi das melhores invenções culinárias de sempre.

Claro que esta opinião conta apenas com uns três anos, mas desde o momento em que aprendi a gostar de feijão preto que este é um daqueles pratos que sai com alguma frequência, quando me cabe a mim decidir o que cozinhar.

Com carne ou sem carne, com milho ou sem milho, tudo é válido no chilli, mas a verdade é que quando o conseguimos fazer com todos os devidos ingredientes é totalmente diferente. O resultado final é uma panóplia de sabores que se fundem a cada garfada.

O chilli é uma daquelas receitas particularmente boa para separar em doses e congelar, tornando-se uma espécie de fast food nutritivo para os dias em que não temos grande apetite de cozinhar. Aliás, este era o meu fast food preferido na universidade. Costumava levar doses de chilli comigo para a residência e eram o meu jantar ou almoço, nos dias em que não tinha tanto tempo ou apetite para preparar algo.

Apesar de muitos ligarem este prato repleto de cor e sabor ao México, esta receita foi criada no Texas, nos Estados Unidos da América. Tornando-se o prato oficial do Texas em 1977. Contudo, mesmo sendo originária de lá, a receita tomou asas e espalhou-se pelos quatro cantos do mundo, sendo servida nas casas dos mais diversos países.

Hoje trago-vos a minha receita de chilli, muito adaptada aos sabores que mais gosto e com o nível de picante que eu consigo tolerar. Contudo, para quem prefere as coisas assim mesmo mesmo mesmo picantes, pode sempre adicionar um pouco mais de pimenta, ou então, até mesmo piri-piri ou malagueta. Com as minhas doses fica um prato picante nível médio, pelo que para os que preferem a comida mais soft, aconselho a que reduzam às dosagens.

Para replicares esta receita, vais precisar de:

  • 200 gr de carne de novilho picada
  • 1/2 pimento verde aos cubos
  • 1 pacote de polpa de tomate
  • 1/2 cebola picada
  • 1 dente de alho
  • 1 lata pequena de milho
  • 1 lata normal de feijão preto
  • 1 colher de café de cominhos
  • 1/2 colher de café de pimenta cayena
  • 1/2 colher de café de pimenta branca
  • 1 colher de café de orégãos
  • 1 colher de café de pimentão doce
  • Sal q.b.
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de molho inglês
  • Queijo ralado (opcional)

Como fazer:

  1. Numa panela refoga-se a cebola no azeite com os cominhos, as pimentas, os oregãos e o pimentão doce.
  2. Quando a cebola estiver macia, junta-se o alho picado e o pimento verde. Mexe-se durante um pouco, para que não queime no fundo e quando o alho dourar, junta-se a carne e o sal. Mexe-se e deixa-se a carne cozinhar.
  3. Assim que carne estiver cozinhada, mistura-se os feijões com o liquido da lata, o milho coado, a polpa de tomate e o molho inglês. Tapa-se a panela e deixa-se cozinhar durante 15 minutos.
  4. Esta receita é ótima assim, mas fica também bastante saborosa quando polvilhada com queijo ralado.

Um prato bem saboroso e com muita cor para alegrar os jantares nos dias mais frios.

E vocês são fãs de chilli?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: