Massa de Dumplings em 15 minutos… ou menos

Quando era mais nova, tinha uma tendência muito particular para dizer que não gostava de absolutamente nada o que me pusessem no prato, sem sequer experimentar. Acho que é um traço muito típico de todas as crianças, mas o meu era extremamente vincado. Adorava carne, batatas fritas, ovos estrelados, arroz, massa e pouco mais. Bastava ver os feijões no arroz e já nem sequer provava, tudo o que fosse verde era abominável, acho que estão a perceber o filme. O problema é que não era só pelos legumes que eu tinha um ódio de estimação, mas sim por tudo o que fosse comida diferente que não se enquadrasse nos meus padrões de comida comestível. «Comida asiática, que nojo». «Os franceses comem rãs, como assim?». Sim, eu era essa criança “adorável” e muito fácil de contentar.

Gostava de dizer que essa fase durou pouco tempo e que só fui assim quando era muito muito muito pequena, só que estaria a mentir. Eu tinha catorze anos quando fui pela primeira vez a um restaurante chinês em Albufeira, numas férias com a minha tia paterna e digo-vos, eu entrei lá a dizer que não gostava, não comi praticamente nada, porque tudo tem legumes na cozinha chinesa e a primeira coisa que fiz quando saí de lá, foi ligar à minha avó a queixar-me da “fome” que tinha. Eu sei, eu sei, quanta maturidade…

Está mais do que visto que esta minha aversão ao desconhecido e aos legumes não podia perdurar a minha vida toda. Pelo que quando entrei na universidade me obriguei a experimentar e efetivamente saborear novos pratos, para saber de que é que realmente eu não gostava. Foi aí que eu e a cozinha asiática começamos a nossa relação de amizade, que hoje já tem cinco anos. Cinco anos a maravilhar-me com os mais variados pratos, sabores e texturas. Tentei conquistar os de cá de casa, mas para já só o meu pai é que me vai acompanhando, quanto aos restantes… Estamos a caminhar em passinhos de bebé. Apenas existe um prato que os conquistou a todos… DUMPLINGS.

Cá em casa todos gostam de DUMPLINGS e é sobre este delicioso prato que pode ser frito ou cozinhado a vapor, que vos vou falar hoje. Tão versátil e prático, quando preparado atempadamente ao estilo meal prep, que vai fazer qualquer um render-se aos seus encantos. Já experimentei com recheio de ricotta e espinafres, o recheio tradicional de mistura de legumes com carne de porco picada e ainda há uns dias experimentei uma versão de maçã com carne de bovino e ficou divinal. Dominando a arte de fazer a massa e de os selar, a imaginação é mesmo o limite e é uma receita boa para surpreender qualquer pessoa que desejar. Por isso é que decidi trazer-vos a receita da massa de dumplings que fica pronta para usar em 15 minutos ou menos.

Para esta receita vai precisar de:

  • 2 chávenas de farinha
  • 1 chávena de água a ferver
  • Sal q.b.

Estas quantidades deram dumplings suficientes para um jantar de quatro pessoas.

Como fazer:

  • Numa taça misture todos os ingredientes, primeiramente com uma colher de pau e de seguida com as mãos, firmemente na bancada até formar uma massa homogénea que não se agarra à superfície.
  • Transforme a massa numa bola e coloque-a de volta à taça, cubra durante 5 a 10 minutos, permitindo que a massa repouse.
  • Corte a massa em porções para tornar o processo de esticar a massa mais fácil. Estique-a com a ajuda de um rolo de amassar até que fique com uns dois milímetros de altura. Corte em círculos com a ajuda de um copo ou de um cortador de bolachas e voilá, está pronta para ser recheada.

Super simples e extremamente económica é uma receita que cai muito bem ao jantar depois de um dia de trabalho. Principalmente porque a massa pode ser preparada com antecedência e depois é só rechear.

O que acharam desta receita? Estão tentados a experimentar?

  1. Tive a mesma reação na primeira visita a um restaurante asiático mas passei a gostar e então no que toca a legumes eles são fantásticos, só me falta gostar um pouquinho mais de sushi mas com o tempo… vai lá!
    Gosto da receita, podias sugerir alguns recheios 😉!
    Beijinho

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta para Filipa Cunha Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: